Mudas

Ao longo desses 40 anos, a família Pitol selecionou e desenvolveu as 4 variedades que melhor se adaptaram às condições climáticas da região: Melhorada (Pitol 1), Importada (Pitol 2), Barton e Imperial. No entanto, segundo Luizinho, o processo para chegar até estas quatro foi longo e repleto de estudos.

Mais

Processo

Na plantação de nogueiras dos Viveiros Pitol existem exemplares de até 40 anos. Nossas mudas são as únicas enxertadas em que você pode ver a origem do enxerto, ou seja, há mais de 20 anos desenvolvemos pesquisas onde chegamos às variedades que mais se adaptam ao nosso clima e também às variedades que mais produzem.

Mais

A história

Nos anos 70 Anta Gorda ficou conhecida como a capital da Noz-pecã. Isto ocorreu devido ao Sr. Armínio Miotto, prefeito na época, que introduziu o cultivo da nogueira ás propriedades rurais da região, pois acreditava que futuramente esta cultura poderia ser uma importante fonte de renda aos agricultores.

Para a época seria uma nova oportunidade que oferecia possibilidades mais lucrativas, por isso os agricultores logo percebiam que esta era mais uma maneira de ganhar dinheiro, ou seja, o plantio das mudas de noz-pecã exigia baixos investimentos e pouca mão de obra, que resultavam em uma porcentagem de lucro generosa, e que automaticamente se multiplicava conforme a planta se desenvolvia.

Mais